quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Pela #naoviolencianamidia

Exposição de Yoko Ono pela paz

Exposição de Yoko Ono pela paz

A Fator F Inteligência em Comunicação decidiu colocar suas redes sociais a serviço da construção de uma mídia não-violenta. A violência, infelizmente, sempre fez parte do cotidiano da humanidade, em maior ou menos grau. Mas a mídia acrescenta à violência real a violência virtual, que consiste na exposição maciça de toda espécie de agressões e de assassinatos nas telas de TV, nos cinemas, jornais, rádios, nas redes sociais, na ficção e em programas jornalísticos. A primeira violência inspira a segunda, e esta alimenta aquela, num círculo vicioso que é imperativo deter.

A violência tem muitas causas, como desigualdades sociais, traumas familiares, sentimentos de injustiça e desejos de dominação. Mas é importante reconhecer que uma das principais causas da violência nos dias de hoje é a própria cultura da violência, que é alimentada pela mídia. E é ela que devemos combater por meio do fortalecimento da mídia não-violenta.

Vamos publicar estudos e reflexões, discutir casos, criticar, mostrar o que nos parecer boas práticas. Não defendemos a mídia ingênua, que mostre uma realidade tão rósea quanto irreal. Os fatos negativos mostrados pela mídia servem ao #interessepublico quando nos fazem mais conscientes da necessidade de melhorarmos nosso comportamento tanto individual como coletivamente. Mas não concordamos com a mídia que se limita a expor avalanches de violência de todos os tipos com o único propósito de atrair a atenção das pessoas e melhorar audiências, sem se importar com a angústia social que gera na forma de desespero, pessimismo, tristeza, suspeição, rancor. Acompanhe a hashtag #naoviolencianamidia e participe, colabore com o nosso debate e a nossa campanha.